COS

Clareamento dental é seguro?

Após décadas de uso clínico e pesquisas, as técnicas de clareamento dental provaram ser seguras e eficazes. Os produtos disponíveis hoje no mercado odontológico não apresentaram reações adversas em dentes ou gengivas desde que corretamente utilizados e sob orientação um cirurgião dentista.

sorrisoNo passado os géis clareadores causavam maior sensibilidade. Entretanto, hoje com os géis clareadores apresentam novas formulas e a sensibilidade já não é mais um problema. Ela pode ocorrer após qualquer procedimento de clareamento, especialmente quando os indivíduos comem alimentos quentes ou frios, mas normalmente ela desaparece após 24 até 48 horas e cessa completamente após este período.

Quais os métodos de clareamento dental utilizados atualmente?

Atualmente há dois tratamentos consagrados: um feito no consultório e outro que a pessoa executa por conta própria. Ambos utilizam as mesmas substâncias, mas em concentrações diferentes: o peróxido de hidrogênio, mais usado em consultório, e o peróxido de carbamida, mais comum nas opções, por assim dizer, caseiras. Essa dupla clareadora, diga-se, tem um parentesco próximo com a água oxigenada. Em contato com o dente, ela se degrada e libera íons de oxigênio que penetram no esmalte, a camada mais superficial do dente, chegando até a dentina, a parte dura. Lá ocorre a oxidação das moléculas de pigmentos, que vão ficando menores o suficiente para serem eliminadas.

O método realizado em casa é o mais popularizado. Nesse procedimento, é feito um molde da boca no dentista e o indivíduo leva uma placa de silicone, a moldeira. Com o auxílio de uma seringa, ele próprio aplica o produto por duas a três semanas. Hoje ninguém precisa passar a noite com o acessório. Basta ficar apenas algumas horas — em alguns casos, 30 minutos por dia. Nesse período, o paciente é acompanhado pelo dentista semanalmente

Quando tenho sensibilidade dentária durante o clareamento o que posso fazer?

-Caso a sensibilidade se inicie durante o clareamento em consultório, informe seu dentista. Ele poderá dizer se é algo normal ou se deve-se interromper o tratamento.
-Caso esteja fazendo pelo método caseiro, o dentista poderá orienta-lo a faze-lo por um tempo mais curto, diminuindo sua ação e por consequência a sensibilidade.
-Escove os dentes com creme dental para dentes sensíveis.
-Existem produtos que podem ser fornecidos pelo seu dentista a base de flúor, que auxiliam na remineralização dos dentes.
-Interrompa o clareamento de seus dentes por alguns dias a fim de permitir que eles se adaptem a esse processo. Dentro de 24 horas a sensibilidade irá ceder.

Quando não é seguro fazer clareamento?

-Paciente com doença periodontal, dentes com esmalte desgastado, cárie ou dentes sensíveis o tratamento pode ser contra-indicado.
-Paciente grávida ou amamentando.
-Paciente com trabalhos protéticos (facetas, coroas, prótese fixas, prótese removíveis , jaquetas ou qualquer outro tipo de restaurações), nestes casos deverão ser substituídos após o clareamento.